Revestimento
Argamassado

A Construsul Engenharia possui uma equipe técnica altamente qualificada para execução de todos os tipos de revestimentos.

Os revestimentos, sejam em superfícies internos e externos, exercem papel importante de regularização, impermeabilização, proteção mecânica, proteção contra intempéries e melhora as condições termo acústicas nos ambientes. Existem diverso tipos de materiais para execução de revestimento em paredes, seja ele a base de cimento ou argamassas prontas, envolvendo diversos métodos de aplicação. Um estudo do local, índice de umidade, vento e outras características do ambiente, pode exigir um revestimento especifico com aditivos plastificantes garantindo uma durabilidade maior para sua estrutura.

Os revestimentos em argamassa são geralmente compostos por três camadas superpostas, contínuas e uniformes: chapisco, emboço (massa grossa) e reboco (massa fina). Cada uma delas tem uma função e requer cuidados específicos com relação ao traço e à forma de execução. Solicite seu orçamento.

1 Chapisco

É a etapa de preparo da base com o objetivo de torná-la mais rugosa e homogênea à absorção de água. O chapisco facilita a ancoragem do emboço.

2 Emboço

Seria a etapa de preenchimento da camada mais grossa da massa, o ideal e que essa massa seja preparada com aditivos plastificantes, garantindo qualidade e durabilidade. Também nessa etapa já está liberado para o revestimento cerâmico caso for o acabamento empregado.

3 Reboco

Também chamado de massa fina, é a camada final que torna a textura da parede mais lisa para receber pintura. Pode ser substituído pela aplicação de massa corrida. O reboco usa argamassa de areia e cal com granulometria mais fina que a do emboço. É aplicado com desempenadeira em movimentos circulares.

4 Revestimento final

Após a cura da argamassa, o que leva cerca de 25 dias, a superfície estará pronta para receber o revestimento final, como pintura. No caso de placas cerâmicas e pastilhas, o reboco não é aplicado.